Ciências Humanas



  • Curso totalmente online
  • Turma: 19/02/202 a 17/06/2023
  • Sábados, das 9h às 12h e das 13h30 às 16h30
  • Carga horária: 368h
  • Duração aproximada: 18 meses
  • Investimento: 18 x de R$ 550,00 (no boleto) sem taxa de inscrição
  • Inscrições de 13/12/2021 a 16/02/2022
A proposta deste curso de especialização em ciências humanas (comprometido com o esforço de uma educação interdisciplinar) vem oferecer recursos ao professor, não só para suprir as exigências de currículo, mas nosso esforço se justifica pelo compromisso de desanuviar os sentidos e as necessidades reais de uma apropriação da interdisciplinaridade na educação. Esse movimento consiste diretamente em fortalecer o professor, para que este tome mais uma vez a educação enquanto caminho para compreender vida e o mundo como um todo integrado para saber lidar com as construções do conhecimento e fortalecer a escola como um lugar de entendimento de si e do outro.
Objetivos
Capacitar professores especialistas das disciplinas de Geografia, História, Filosofia e Sociologia, especializando-os no Ensino Interdisciplinar, materializado no ensino das Ciências Humanas.
Desenvolver estratégias didáticas pautadas no ensino por investigação e que promovam a transdisciplinaridade.
Contribuir para que o ensino das Ciências Humanas seja pautado no método científico, articule conceitos e categorias das diferentes disciplinas das Ciências Humanas.
Público
Gestores escolares, coordenadores pedagógicos, professores da educação básica e profissionais ligados à área da educação.
Estrutura curricular
Para alcançar os objetivos propostos, dividimos as Unidades Curriculares (UCs) por eixos, o que não significa que os conceitos e métodos desenvolvidos são estanques, ou seja, que se relaciona a um único eixo. Pelo contrário, os conceitos e métodos em sua totalidade perpassam mais de um eixo. Em função disso, por uma questão de organização, os eixos e UCs são apresentados da seguinte forma:
1 – Especialização docente por área de conhecimento (EDOC). Objetivo: trabalhar de forma consistente teorias e propostas curriculares de base e seus desdobramentos na educação. Esse eixo engloba as UCs: Filosofia das Ciências Humanas na Educação, Currículo para Ciências Humanas e Base Nacional Comum Curricular e a articulação disciplinar.

2 – Conhecimentos Interdisciplinares em Ciências Humanas (CICH). Objetivo: articular diferentes áreas do conhecimento a partir de propostas pedagógicas inovadoras que possam superar a fragmentação do saber. Esse eixo é composto pelas UCs: Interdisciplinaridade e Transdisciplinaridade na Educação; Cultura e Protagonismo Juvenil na Educação; Sociedade, Tecnologia e Educação.

3 – Didática das Ciências Humanas (DICH). Objetivo: analisar as diferentes propostas metodológicas articulando-as com o ensino das Ciências Humanas, avaliar e criar estratégias e recursos para o ensino das Ciências Humanas que priorize o protagonismo do estudante e a transdisciplinaridade. Esse eixo contempla as UCs: Ensino por Investigação; Avaliação na/da/para a Aprendizagem; Itinerários Formativos.

 

  • Ana Paula Gomes Seferian

    Titulação: doutora
    Doutora em Educação (Ensino de Ciências e Matemática) pela Universidade de São Paulo (2018). mestre em Geografia (Geografia Humana) pela Universidade de São Paulo (2008) e bacharel e licenciada em Geografia, pela FFLCH. Tem experiência na área de licenciamento ambiental e trabalha a mais de quinze anos com formação de professores da rede pública de ensino, do Estado de São Paulo e de diversos municípios paulistas. Professora da Faculdade SESI-SP de Educação (Fasesp) e professora temporária da Faculdade de Educação da Universidade de São Paulo (FEUSP), membro suplente no Conselho de Ensino, Pesquisa e Extensão da Faculdade SESI-SP de Educação. Participa de diferentes grupos de pesquisa.
    Área de atuação e/ou interesse
    Metodologia de Ensino e Formação de professores.
    Endereço do currículo Lattes
    http://lattes.cnpq.br/5119545609668036
  • Anderson de Souza Zanetti da Silva

    Titulação: doutor
    Doutor e mestre em Artes pelo I.A – UNESP. Bacharel e Licenciado em Filosofia pela Faculdade de Filosofia e Ciências da UNESP de Marília- SP. Na Educação Básica lecionou Filosofia, Sociologia e História da Arte. Possui experiência em Arte-educação: professor de Teatro, Ética e Cidadania na Prefeitura de Marília. Começou sua carreira como docente universitário em 2008 quando lecionou Filosofia e Estética Teatral no I.A da UNESP-SP. Deu aula de Filosofia e de Antropologia Cultural no curso de R.I da Fundação Lusíada -Santos (SP). Foi docente da FMU, onde lecionou nos departamentos de Comunicação Social e Artes Visuais. Na Faculdade SESI -SP de Educação (FASESP) atua nos cursos de Ciências Humanas, Linguagens e na pós-graduação. Em 2010 escreveu curso de Filosofia para professores ingressantes da rede estadual de educação (Fundação Padre Anchieta e Secretaria Estadual de Educação – SP). Em 2012 orientou trabalhos de pós-graduação no I.A da UNESP – Programa Redefor. Em 2011 escreveu um curso de Estética e Filosofia da Arte para a pós-graduação da UNESP (Programa Redefor – Formação de professores da Educação Básica – Parceria USP, UNESP e UNICAMP).
    Área de atuação e/ou linha de pesquisa:
    Filosofia, Cultura e Arte / Estética, política e educação.
    Endereço do currículo Lattes:
    http://lattes.cnpq.br/3488956186579258 
  • Arthur Müller

    Titulação: mestre
    Doutorando pela Faculdade de Educação da Universidade de São Paulo, na área de formação, currículo e práticas docentes. Possui mestrado pela Faculdade de Educação da Universidade de São Paulo, na área de didática, práticas de ensino e teorias escolares. Tem experiência na rede pública estadual de São Paulo (primeiro ao quinto ano) como titular de cargo (exercido por 13 anos) e professor de educação física do Colégio Marista Arquidiocesano, onde acumulou também a função de coordenador da área de Educação Física escolar entre os anos de 2014 e 2019. É formador de professores nas áreas de Ciências Humanas, Ciências da Natureza, Matemática e Linguagens na Faculdade SESI de Educação (FASESP). É pesquisador sobre registros e avaliação na Educação Física, em sua vertente cultural. Compõe, ainda, o grupo de estudos de educação física escolar da FEUSP (GPEF) e o grupo de elaboração dos currículos do ensino fundamental do estado de São Paulo.
    Linha de pesquisa e/ou área de interesse
    Educação Física, educação, currículo cultural, teorização pós-crítica, registro, avaliação, práticas pedagógicas, cultura material escolar, estudos culturais, pós estruturalismo e estudos decoloniais.
    Endereço do currículo Lattes
    http://lattes.cnpq.br/0776463101743300
  • Fernanda Cristina Subires Garcia.

    Titulação: mestre
    Mestre em Ciências Sociais pela UNESP. Especialista em Educação Especial e Inclusão. Especialista em Metodologia do Ensino Religioso e Filosofia. Licenciada em Ciências Sociais. Professora no curso de Licenciatura em Ciências Humanas da Faculdade SESI de Educação. Experiência na Educação Básica com ensino de Sociologia. Projetos desenvolvidos com Educação Restaurativa e Mediação de Conflitos direcionados à juventude.
    Linha de pesquisa e/ou área de interesse
    Trabalho. Juventude.
    Endereço do currículo Lattes
    http://lattes.cnpq.br/1882279979666118
  • Juliana Rossi Duci

    Titulação: doutora
    Doutora em Educação Escolar UNESP/FCLAr (bolsista CAPES), Mestre em Educação Escolar UNESP/FCLAr (bolsista CAPES), Especialista lato sensu em Ética, Valores e Saúde na Escola – USP, Bacharel/Licenciada em Ciências Sociais pela UNESP/FCLAr e Pedagogia (UNINOVE).
    Docente da Faculdade SESI de Educação (eixo Pedagógicas). Docente no ensino fundamental II e Médio (2009-2012) da rede privada e professora-tutora no ensino superior (UNOPAR, UFSCAr/UAB, UNIVESP / 2008-2016). Realizou doutorado sanduíche PDSE/CAPES em 2017 na Universitat de les Illes Balears – UIB/Espanha (Edital nº 19/2016 – Processo: 88881.132306/2016-01) Participa, desde 2011 do grupo de estudos e pesquisas “Teoria Crítica:Tecnologia, Cultura e Formação” ligado ao CNPq. Atualmente é pesquisadora associada do projeto de pesquisa e extensão “Tecnologias Digitais e Subjetividade: subsídios para reflexão/atuação frente às novas demandas educacionais” junto ao CENPE/UNESP e também membro do Núcleo Interdisciplinar de Pesquisa e Extensão “Tecnologia e Educação” FASESP
    Linha de pesquisa e/ou área de interesse: 
    Autoridade Pedagógica Docente / Tecnologias e Educação
    Endereço do currículo Lattes: 
    http://lattes.cnpq.br/3679629908085589
  • Luiz Tiago de Paula

    Titulação: mestre
    Mestrado em Mestrado Interdisciplinar em Ciências Humanas e Sociais Aplicadas.
    Faculdade de Ciências Aplicadas da Unicamp, FCA, Brasil.
    Título: Fenomenologia dos espaços públicos: entre as certezas e inseguranças da experiência urbana, Ano de Obtenção: 2016.
    Orientador: Eduardo José Marandola Jr..
    Bolsista do(a): Fundação de Amparo à Pesquisa do Estado de São Paulo, FAPESP, Brasil.
    Linha de pesquisa e/ou area de Interesse
    Tem experiência na área de dinâmica urbana e metropolitana, risco e vulnerabilidade dos lugares. Também tem interesse em epistemologia da Geografia, especialmente ao que se refere à Fenomenologia, Geografia Cultural e Humanista. Atualmente, tem se dedicado a pesquisar campos interdisciplinares relacionados à Forma e Experiência Urbana, Urbanismo, Espaços Públicos e Cidades.
    Endereço do currículo Lattes:
    http://lattes.cnpq.br/8412374864922578
  • Marina Juliana de Oliveira Soares

    Titulação: doutora
    Doutorado em História e Mestrado em Letras Orientais (Árabe) na USP, Licenciatura e
    Bacharelado em História, também na USP. Desenvolveu pesquisa de Pós-Doutorado na Universidade de São Paulo entre 2015 e 2017 sobre História da Medicina.
    Curso para o qual leciona na faculdade: Ciências Humanas (História).
    Linha de pesquisa e/ou área de interesse
    História árabe-islâmica, História da Ciência e Medicina, História Moderna.
    Endereço do currículo Lattes
    http://lattes.cnpq.br/1226416033555999
• Aulas online e ao vivo serão realizadas através da plataforma do Teams, aos sábados no período da manhã das 09h às 12h e/ou no período da tarde das 14h às 17h.
• Serão considerados aprovados no curso apenas os alunos que obtiverem aprovação em todos os módulos e aprovação no Trabalho Final, sendo obrigatória a frequência mínima de 75% em cada módulo.
• Os cursos estão organizados em módulos, podendo o aluno receber certificado de extensão ou aperfeiçoamento, a depender da quantidade de horas cursadas, caso não conclua a especialização (total de 360h).
• O cronograma do curso está sujeito a alterações futuras.