04|05|2023

Rompendo com currículos identidades: por uma produção curricular sem imagens

 

Autores

Hugo Cesar Bueno Nunes
Faculdade SESI de Educação
Marcos Garcia Neira
Universidade de São Paulo – USP

Resumo
Ao compreendermos a cultura ancorada nos Estudos Culturais e como sendo constituída por espaços de enunciação, tendo a diferença como ponto central, na constituição das sociedades, pensamos que um currículo escolar pautado na diferença é indispensável se quisermos rachar os estratos, rever as hegemonias que o mundo moderno e o capitalismo nos colocam, pensar em novas e criativas formas de viver neste mundo, em prol de maior justiça e solidariedade. A partir destes posicionamentos, compreendemos que o currículo não deve ser concebido de maneira binária, ou ‘isto’ ou ‘aquilo’, nem tampouco como um receituário, um currículo imagem, mas sim, o currículo passa a ser enunciado como um espaço-tempo onde as diferentes culturas e os diferentes conhecimentos são colocados em constante confronto com a diferença. A escola passa a ser um local onde as diferenças são traduzidas, uma tradução que modifica as particularidades de cada cultura, obrigando-as a negociar diante das experiências homogeneizantes. Palavras-Chave: Diferença, Currículo, Educação, Escola.

 

Leia o artigo completo

 

Leia também

30|10|2023

A IMPORTÂNCIA DO “CONHECIMENTO DO TEMA” NA FORMAÇÃO INICIAL DE PROFESSORES E PARA A ELABORAÇÃO DOS CURRÍCULOS A PARTIR DA BASE NACIONAL COMUM CURRICULAR (BNCC)

    Autor(a): Ana Paula Gomes Seferian Área do Conhecimento: Ciências Humanas Tipo do Material: Artigo Científico Tema: Ensino de […]

Leia mais
30|10|2023

Desafios enfrentados pelos estudantes ao produzirem seus textos e dicas para superar os desafios na escrita

    Autor(a): Valeria Hernandorena Monteagudo de Campos Área do Conhecimento: Linguagens Tipo do Material: Podcast Tema: Desafios enfrentados pelos […]

Leia mais